Serviços

Serviços Objetivo Descrição Intervenientes
Acompanhamento social 

Promover o desenvolvimento de capacidades e competências sociais, informando, orientando e promovendo uma atitude de autonomia e participação das utentes no seu processo de resolução de problemas.

Acompanhar e orientar a utente nos âmbitos laboral/ formativo; habitacional; jurídico/ legal; saúde; gestão do orçamento; integração dos menores e elaboração do Plano Individual de Intervenção PII. Assistente Social e Utentes
Acompanhamento psicológico  Promover o bem-estar psicológico, reelaborar possíveis situações traumáticas e potenciar um desenvolvimento pessoal e intelectual harmonioso. Efetuado individualmente e/ou em grupo, nas vertentes psicoterapêutica / terapias expressivas, psicossocial (coaching e dinâmicas de grupo) e psico-educativa (debates e treino de competências). Psicóloga e Utentes
Educação informal Estimular o desenvolvimento pessoal através dum processo de aprendizagem contínuo e transversal que facilitará o caminho para a autonomia. Oferta duma estrutura segura com um ambiente familiar, onde os momentos de partilha e convívio são também oportunidade de questionamento, aconselhamento, apoio emocional e treino de competências por modelagem e instrução. Estimular a entreajuda e a solidariedade, a gestão do orçamento e do tempo pessoais, o estabelecimento de rotinas que favoreçam a organização pessoal e a relação mãe-filho(s), entre outras competências. Comunidade religiosa, equipa técnica, voluntários e utentes
Formação   Informar e sensibilizar para determinadas temáticas e adoção de novos comportamentos Elaboração dum plano de formação temático com regularidade mensal e/ou semanal (ver aqui). Formadores convidados e/ou voluntários
Atividades Lúdicas e Culturais Proporcionar novos conhecimentos e experiências, bem como momentos de entretenimento e convívio entre todas as utentes e crianças. Programação de saídas culturais com regularidade mensal (ver aqui) Educadora Social
Acompanhamento externo às utentes em Autonomia  Reforçar e apoiar o projeto de vida individual em contexto de autonomia

e

Avaliar o sucesso da intervenção durante a permanência no Lar.

Visitas programadas ao novo lar da utente. Se a utente assim o desejar/ necessitar mantém-se o acompanhamento psicológico e social. Também se estabelecem contactos e parcerias informais com outros serviços e/ou entidades que possam dar um suporte, nomeadamente o encaminhamento para a Instituição da área de residência que apoia ao nível de géneros alimentares pelo Banco Alimentar, promovendo deste modo a criação de uma rede social para cada utente, face às suas necessidades concretas. Equipa Técnica